JOVENS CELEBRAM DNJ EM DESTERRO DE ENTRE RIOS

Mais de 1000 jovens celebraram o Dia Nacional da Juventude da Diocese de Oliveira, em Desterro de Entre Rios, nesse domingo (23). Com o tema “Juventude e o cuidado com a casa comum”, a atividade levou os jovens a refletirem uma ecologia integral com apresentações artísticas e culturais, marcando a volta do evento à paróquia de Nossa Senhora do Desterro, que desde 1997 não sediava o DNJ.

1

Matriz ficou lotada para momento mariano

Os jovens se encontraram em frente à Matriz, onde foram acolhidos e participaram de um momento mariano, no interior do templo religioso. Na sequência, as caravanas fizeram uma animada caminhada rumo ao Parque de Exposições, que recebeu uma estrutura com várias tendas, além de praça de alimentação e ponto de atendimento de saúde e bem-estar.

6

Dom Miguel falou da importância do engajamento da juventude

Durante a Celebração Eucarística, o bispo diocesano, Dom Miguel Ângelo, exortou os jovens a abraçarem a chamada “ecologia integral”. Ele lembrou que cuidar da Casa Comum vai além da preservação ambiental, mas requer um compromisso com a vida humana e sua dignidade. Para isso, lembrou das palavras do Papa Francisco proferidas na Jornada Mundial da Juventude de Cracóvia, no mês de julho: “é preciso levantar do sofá”.

E a juventude mostrou estar conectada aos temas mais atuais que envolvem a temática do DNJ durante as apresentações artísticas. A Forania de Campo Belo mostrou a arte do hip hop, com o jovem Fábio, de Cana Verde, que cantou a realidade social de desigualdade do país.  A Forania de Santo Antônio de Pádua realizou uma coreografia ao som de “Maria da Vila” de Elza Soares. Na linha da canção, os jovens denunciaram a violência contra a mulher usando, ainda, cartazes com dados que mostram a desigualdade de gênero. A Forania de Nossa Senhora de Oliveira usou música, dança e teatro para levar uma mensagem de defesa do meio ambiente. Os jovens também recordaram lutas históricas da juventude brasileira, como as “Diretas Já”. A Forania de Nossa Senhora do Carmo passou uma mensagem de paz e tolerância, lembrando a convivência pacífica entre as várias religiões.

14

Apresentações artísticas lembraram o tema “Juventude e o cuidado com a Casa Comum”

Para a secretária diocesana da PJ, Carla Nunes, o DNJ mostrou a força dos grupos de base de toda diocese. “Pedimos que todos os grupos se preparassem para o DNJ, através de reuniões e vigílias. O resultado foi ótimo: os jovens mostraram estar inteirados e puderam participar de forma mais intensa e crítica. A paróquia que nos acolheu está de parabéns”, destacou.

Vitória Vieira, da Paróquia de Nossa Senhora do Carmo, de Carmópolis, já está ansiosa para o evento de 2017. Ela destacou a boa convivência e a oportunidade de conhecer novas pessoas. “Minha experiência com o DNJ foi imensamente incrível: tanta alegria em um só lugar, tantos sorrisos, olhares. Eu amei, porque conheci várias pessoas, e o mais importante foi sentir a presença de Deus”, ressaltou.

O assessor diocesano da PJ, Pe. Josalan Silva, também mostrou estar feliz com a realização do primeiro DNJ após assumir o serviço da assessoria. Além dele, que agora é pároco da Paróquia do Senhor Bom Jesus, em Cana Verde, participaram vários padres da forania de Nossa Senhora do Carmo, que além de concelebrarem a Eucaristia, atenderam confissões durante o dia.

O pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Desterro, Pe. Romualdo Leite, conduziu um momento de adoração ao Santíssimo Sacramento, encerrando o DNJ. Ele agradeceu o apoio de toda a comunidade paroquial, especialmente dos jovens e grupos. Segundo ele, o empenho de todos foi determinante para o sucesso do evento. A equipe diocesana da Pastoral da Juventude, que é responsável direta pelo DNJ, também agradeceu o apoio e o carinho da paróquia em se disponibilizar a receber a atividade.

No mês de novembro, a PJ diocesana realiza uma Ampliada, onde serão acolhidas oficialmente as candidaturas para sede do próximo DNJ. Nesta reunião, a equipe diocesana vai deliberar e divulgar a paróquia que receberá o evento em 2017.

3

Jovens posam para foto com a bandeira da PJ

2

Ruas de Desterro foram tomadas pelos jovens

7

Pastoral Vocacional marca presença no DNJ

4

Jovens participam da Celebração

9

Jovem de Cana Verde apresenta Hip Hop

8

Banda Face de Deus, de Passa Tempo, contribui com a animação

11

Jovem mostra cartaz que denuncia violência contra a mulher

10

Jovens da Forania de Santo Antônio dançam ao som de Elza Soares

12

Tolerância religiosa é tema de apresentação da Forania de Carmópolis

15

Forania de Oliveira relembrou lutas históricas da Juventude

13

Apresentação teatral da Forania de Oliveira

19

Equipe Diocesana da PJ agradece acolhida de Desterro de Entre Rios

17

Jovens dançam ciranda no Parque de Exposições

20

Equipe Diocesana da PJ também apresentou um número artístico

16

Forania de Oliveira levou grande número de jovens para apresentação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *