LIDERANÇAS PASTORAIS REFLETEM INICIAÇÃO CRISTÃ EM ENCONTRO DIOCESANO

Momentos de celebração refletiram o caminho da iniciação cristã

Pastoral Catequética, do Batismo e Litúrgica se reuniram no último fim de semana, de 4 a 6 de maio, para refletir o processo da iniciação cristã: o caminho para formar discípulos missionários que passa pela vivência dos sacramentos do batismo, da crisma e da Eucaristia. As lideranças pastorais acompanharam a atividade, assessorada pela leiga Marlene Silva, da Arquidiocese de Pouso Alegre/MG, no Centro de Pastoral Santíssima Trindade, em Oliveira/MG.

Marlene lembrou aos presentes da importância de dinamizar o trabalho através de gestos celebrativos. Segundo ela, os catequistas devem ser sacramento na vida dos demais nos diversos espaços onde atuam, seja na família, no trabalho ou no próprio espaço da catequese. O grupo ainda discutiu a importância de valorizar a catequese dos adultos e fomentar a perseverança na oração e na vivência da Eucaristia.

Espaço foi preparado com símbolos e destaques dos passos de formação

Maria Helena Pires, da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, de Oliveira/MG, pertence à equipe diocesana da Catequese. Segundo ela, o trabalho conjunto com a Pastoral do Batismo e Litúrgica só enriquece o caminho feito até aqui. Ela conta que nos tríduos celebrativos e outras atividades de fornação a unidade já acontece, mas destaca que um grupo em específico deve abraçar esse trabalho: os jovens. “O futuro do projeto de Jesus está especialmente confiado aos jovens e à orientação das famílias aos filhos”, reforça.

Para que essa realidade seja possível, as pastorais têm incentivado a participação juvenil, além de promover ações em conjunto com outras pastorais que envolvam o trabalho com a juventude.

INICIAÇÃO CRISTÃ

O documento 107 da CNBB, “Iniciação à Vida Cristã: itinerário para formar discípulos missionários”, é que tem iluminado o trabalho de preparação para os sacramentos do batismo, da crisma e da Eucaristia. O caminho de preparação para essas vivências foi unificado na Diocese, uma vez que se entende como um processo único e coeso. Assim, Pastoral do Batismo e Pastoral Catequética têm vivenciado formações em conjunto e pensado prioridades comuns para o trabalho.

Além dos sacramentos de iniciação citados, a Igreja conta com os sacramentos da cura: reconciliação e unção dos enfermos; e os sacramentos ao serviço de comunhão e missão: ordem e matrimônio.

Texto: Vinícius Borges
Fotos: Pastoral Catequética

CONFIRA MAIS FOTOS:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *