NOTA DE SOLIDARIEDADE DO CLERO À SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE OLIVEIRA

Amados fiéis em Cristo,

“Revesti-vos da caridade, que é o vínculo da perfeição”. (Cl 3,15)

Nos últimos dias, a Santa Casa de Misericórdia de Oliveira se viu envolvida em diversas polêmicas, devidas à sua requisição pelo Estado como referência apenas para os doentes de Covid-19, o que significaria o seu fechamento a outras especialidades, com grande prejuízo para a população. A notícia, publicada na Gazeta de Minas e veiculada nas rádios e redes da net, despertou intensa mobilização do governo
municipal, do Ministério Público, do corpo hospitalar e nas mais diversas camadas sociais e forças políticas.

Conforme oficio da Unidade Regional de Saúde, publicado na imprensa local, a Diretoria do Hospital se viu diante de três alternativas possíveis, compreensíveis por ser o mesmo referência para seis municípios: ser hospital apenas para os casos de pacientes de covid-19 ou apenas para os não-covid. Assim, em caso de suspeita de infecção por covid-19, mesmo os pacientes de Oliveira não poderiam ser tratados no hospital. Uma
terceira, seria receber pacientes covid e não-covid, com as devidas adaptações.

Posteriormente, foi definida a questão pela terceira possibilidade, por ser a que melhor atende às necessidades de nosso povo.

A Administração Médico-hospitalar tem buscado as devidas adaptações para recebimento e isolamento dos pacientes covid-19, com a construção de acesso distinto dos não-covid.

Até o presente, o município de Oliveira e outros têm sido preservados de casos confirmados da doença, graças ao Bom Deus, aos esforços das autoridades sanitárias, ao Comitê de Enfrentamento, e a compreensão de expressiva parcela da população nos cuidados e distanciamento social.

O momento, passadas as polêmicas, é de nos unirmos para que o nosso
hospital continue a ser o lugar de excelência nos cuidados de saúde para os municípios da região.

Sejam abençoados e preservados todos os envolvidos no combate a esta peste e os que se empenharam para o encontro da melhor solução possível para o problema, mesmo com diferentes opiniões.

Agora, nos preparemos, passado este tempo de provação e angústia, para nos abraçarmos felizes, familiares e amigos, hoje separados pelo distanciamento ou isolamento social e para a recuperação do País, em crise no sistema de saúde, crise econômica, e maior crise política.

Roguemos ao Senhor, por intercessão de Nossa Senhora, Saúde dos Enfermos, de São José, de São Judas Tadeu, patrono daquela casa de saúde, e de nossos padroeiros que cesse logo a pandemia, e voltemos a nova normalidade, com maior empenho pela justiça e pela paz!

Oliveira, 10 de maio de 2020.

Dom Miguel Angelo Freitas Ribeiro, Bispo diocesano
Dom Francisco Barroso Filho, Bispo emérito de Oliveira
Padre Adenir dos Santos, Vigário paroquial de Santo Antônio do Amparo
Padre Alexandre Pereira da Silva, Pároco emérito de São Tiago e residente em Carmópolis de Minas
Padre Alyson Rabelo Leite, Vigário Paroquial em Nossa Senhora do Carmo em Carmópolis de Minas
Padre Antônio Claret Fávero, Pároco de Nossa Senhora do Desterro em Desterro de Entre Rios
Padre Antônio Orestes de Resende, Pároco de São Sebastião em Campo Belo
Padre Aparecido Paulo da Silva, Pároco de Nossa Senhora da Glória em Passa Tempo
Padre Arlei Antônio dos Anjos, Vigário paroquial em Cristais
Padre Carlos Roberto das Graças, Pároco de Nossa Senhora das Mercês em Mercês de Água Limpa
Padre Claudiney Teixeira, Pároco do Senhor Bom Jesus dos Perdões
Padre Cláudio de Souza Parreiras, Pároco de Nossa Senhora Aparecida em Aguanil
Padre Cornelius, Vigário Paroquial de Nossa Senhora das Dores em Itaguara e Reitor do Seminário Maior
Padre Donizete Antônio de Souza, Pároco de Nossa Senhora do Carmo em Campo Belo
Padre Eduardo Henrique Bastos dos Santos, CP, Vigário paroquial de São Sebastião em Oliveira
Padre Geraldo Magela da Silva, Pároco de Santana do Jacaré
Padre Hemerson Cristiano Souza, Vigário paroquial em Perdões
Padre Jailson Salvador da Silva, Pároco de São João Batista de Morro do Ferro
Padre Jeferson Martins Fernandes, Pároco de São Francisco de Paula
Padre Jorge Pereira de Souza Júnior, Pároco de Nossa Senhora do Carmo em Carmópolis de Minas
Padre Josalan Augusto Silva, Pároco do Senhor Bom Jesus de Matosinhos em Cana Verde
Padre José Ananias da Costa, Capelão das Irmãs Escolápias e Vigário Judicial diocesano
Padre José Arimatéia da Silva, Pároco de Nossa Senhora do Carmo da Mata
Padre José de Souza Carvalho, Pároco de Nossa Senhora da Guia em Ribeirão Vermelho
Padre José Geraldo Lopes da Silva, Vigário Paroquial em Desterro de Entre Rios
Padre José Maria de Oliveira Silva, Capelão do Hospital e do Centro de Recuperação Beija-flor
Padre Leandro José de Faria, Vigário Paroquial em Bom Jesus de Campo Belo
Padre Leandro Vilela Marques, Pároco de São João Bosco em Oliveira
Padre Nilson Reis Mendes, Pároco Emérito de São Sebastião em Oliveira
Padre Onaldo Aristeu dos Santos Júnior
Padre Pedro Cícero Carapina, Pároco de Nossa Senhora Aparecida em Oliveira e Reitor do Seminário Menor
Padre Roberto Carlos de Almeida, Administrador Paroquial de Nossa Senhora de Oliveira e Cura da Catedral
Padre Robson Rosa Cardoso, Pároco de Nossa Senhora da Ajuda em Cristais
Padre Rogério Victor Azevedo, Pároco de Nossa Senhora das Graças em Perdões
Padre Romualdo Gonçalves Leite, Pároco de Nossa Senhora das Necessidades em Piracema
Padre Sebastião Ananias Lino, Pároco de São Sebastião em Oliveira
Padre Sebastião Corrêa Neto, Pároco de São Tiago
Padre Sebastião Israel, Capelão da Vila Vicentina Furtado de Menezes em Campo Belo
Padre Thiago Araujo Oliveira, Vigário paroquial de Nossa Senhora do Carmo em Campo Belo
Padre Vanir José de Oliveira, Pároco de Santo Antônio do Amparo e Vigário Geral
Padre Wellington Mendes Alves, Pároco de Nossa Senhora das Candeias em Candeias
Padre Yuri Lamounier Mombrini Lira, Pároco de Nossa Senhor das Dores em Itaguara
Diácono Paulo Antônio Freire
Padre Frei Helton Barbosa Damiani, OP, filho de Oliveira

O documento oficial pode ser baixado a seguir:

Foto: Rádio Nossa FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *