OLIVEIRA SEDIA 3° CONGRESSO VOCACIONAL DIOCESANO

Agentes da Pastoral Vocacional Diocesana, além de membros do Movimento Serra Clube, religiosas, seminaristas, padres e convidados participaram do Congresso Vocacional Diocesano, realizado no dia 26 de março, no Salão da Paróquia de São Sebastião, em Oliveira.

 
A atividade reuniu um grande número de participantes vindos de toda Diocese. Eles passaram o dia refletindo o apostolado como animadores vocacionais. A assessoria do Congresso ficou a cargo de Irmão Gustavo Ribeiro, que mora em Belo Horizonte e é religioso Marista. Ele aproveitou para provocar os presentes a olhar com especial atenção para as realidades juvenis. Além disso, refletiu a importância do laicato nas ações evangelizadoras, especialmente na importância de despertar a compreensão da importância dos leigos na vida da Igreja.

 
“É gratificante perceber o envolvimento de tantas pessoas, porém ainda é necessário que sempre nos lembremos de que as vocações na Igreja só surgirão se nosso testemunho de batizados/as for autêntico, porque é embasado no Evangelho. Todas as vocações específicas são ricas em dignidade e serviço, entretanto, é urgente que redescubramos o valor do laicato, dando-lhe especial atenção e despertando vocações para este estado de vida”, salientou.

 
O grupo participou de debates, momentos orantes e partilhas de todas as ações desenvolvidas por cada grupo que tem, em comum, o desejo de animar o trabalho vocacional. Para Irmão Gustavo, o Congresso o inspirou grande alegria, especialmente por perceber o interesse dos participantes.

 
Um dos principais temas discutidos foi a necessidade de acolhida, em especial a partir das provocações do Papa Francisco e a chamada “Igreja em Saída”. Para o assessor do Congresso, é importante um novo olhar de atenção e cuidado. “É importante ainda que saibamos acolher com profunda misericórdia todos/as aqueles/as que estão às portas, solicitando entrada, e que fogem dos padrões e rótulos já estabelecidos pela “tradição”, eles/as estão querendo partilhar de nossa fé, estão desejosos de colocarem suas vidas vocacionadas a serviço do Reino de Deus”, destacou.

 
O bispo diocesano, Dom Miguel Ângelo, lembrou aos presentes da importância de continuarem rezando pelas vocações em todas suas atividades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *