Pastoral da Sobriedade

Um organismo da CNBB

Objetivo geral :prevenir e recuperar da dependência química e outras dependências, a partir dos “12 passos da Pastoral da Sobriedade”.

Atuar politicamente junto às forças vivas da comunidade pela exigência da fé, à luz dos ensinamentos de Cristo.

Missão: evangelizar, apresentando o amor incondicional, gratuito e misericordioso do Pai, anunciando Jesus Cristo libertador através do serviço, do diálogo e do testemunho de comunhão fraterna, integrando fé e vida e promovendo a dignidade da pessoa e da família, contribuindo para a construção de uma sociedade justa, solidária.

Pastoral da sobriedade é a ação concreta da igreja que evangeliza pela busca da sobriedade como um modo de vida. É uma atuação especial em resposta ao problema social e de saúde pública do uso de drogas.

A pastoral vai além da dependência química. Pela terapia do amor trata todo e qualquer tipo de dependência.

Propõe mudança de vida – vem para resgatar e reinserir os excluídos – enfrenta de maneira real o problema da exclusão social, da miséria e da violência – valorizando a pessoa humana

Pastoral da Sobriedade na diocese de Oliveira

Nesta segunda feira dia 6 de junho, a paróquia São Tiago Maior e Santana – da cidade de São Tiago – depois de realizar os procedimentos necessários abriu para o público o grupo da pastoral da sobriedade. É o mais novo da diocese de Oliveira e que tem o maior número de jovens de todos os grupos da diocese.

Representantes da coordenação diocesana estiveram presentes e constataram que toda a reunião transcorreu dentro de uma postura muito madura e responsável. Grande mérito têm padre Sebastião Correa Neto, pároco da paróquia de São Tiago Maior e Santana, pela contribuição e dedicação especial. O grupo cumpriu todo ritual do programa de vida nova da Pastoral da Sobriedade dentro das orientações que o curso proporciona.

Podemos acrescentar mais uma etapa positiva sob o comando de padre José Maria nesta sua nova experiência dentro da sobriedade.

João Evaristo (Coordenador Diocesano)

Um comentário sobre “Pastoral da Sobriedade

  1. Boa tarde a todos da Pastoral.
    Como foi bom pra mim conhecer vocês,
    estive acolhido por 6 meses na Beija-flor.
    Hoje continuo limpo e sereno, muito pela
    ajuda vocês.
    Quero voltar aí em Oliveira, apenas como
    amigo.
    Quero saber como vão todos, a Irmã diva, o Padre
    José Maria, a Beth, o Bernardo, a Luciana,
    enfim, todos com quem convivi.
    Gostaria de saber como faço para conseguir o Livro
    dos 12 passos da Pastoral da Sobriedade.
    Um grande abraço a todos e que Deus continue
    sempre conosco em todos os instantes.
    Felix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *