PEREGRINOS REPRESENTAM DIOCESE NA ROMARIA NACIONAL DA JUVENTUDE

Delegação diocesana posa para foto com bandeira da PJ

Jovens da Diocese de Oliveira se uniram às delegações de todo Brasil, em Aparecida/SP, no dia 21 de abril, para a Romaria Nacional da Juventude. A peregrinação reúne as diversas experiências de evangelização juvenil do Brasil para um encontro celebrativo na casa da Padroeira. Em 2018, teve como lema, “Maria: modelo de jovem leigo e leiga”, em referência ao Ano Nacional do Laicato.

O grupo peregrino, formado por jovens da Pastoral da Juventude outros movimentos, além das Irmãs Apostolinas, fretou um ônibus e repetiu o gesto feito desde 2016, quando a caravana foi à Romaria pela primeira vez. Aline Aquino, de Carmópolis de Minas/MG, afirmou que cada viagem ao Santuário Nacional para o encontro é uma experiência nova. “Voltamos à casa da Mãe com corações repletos de anseios, sonhos e esperança de uma juventude que luta, sonha e acredita. Sentimos como cada minuto foi preparado para nós através do simples sinal de que Ele caminhava conosco”, refletiu entusiasmada.

A experiência de quem vivenciou a Romaria pela primeira vez também foi bem avaliada. Bárbara Neto, de Piracema/MG, acompanhou o grupo e participou da maioria dos momentos programados. E ela destacou aquele que considerou um dos mais importantes: a oração junto do Santíssimo Sacramento. Vivência que também foi partilhada por Lucas Padilha, de Carmópolis de Minas/MG, que não visitava Aparecida há seis anos. “A saudade já incomodava. Nunca me esqueci desse clima aconchegante, mas quando pisei novamente naquele chão foi como a primeira vez: a mesma emoção, a mesma recepção, o mesmo abraço de boas vindas. É como se ouvisse Nossa Senhora dizendo: ‘meu filho, como é bom de ter de volta, minha casa é sua casa! ’, explicou.

Nas escadas da Basílica, jovens aproveitam para registrar a visita à casa da Mãe

A reflexão do Ano do Laicato esteve presente nos momentos de formação e também na homilia do presidente da Comissão Espicopal Pastoral para a Juventude (CEPJ), Dom Vilsom Basso, em missa celebrada na Basílica. Segundo a jovem Karine Neto, de Piracema/MG, o grande chamado para a juventude foi com relação à importância de sair em missão com protagonismo nas ações, a fim de construir uma Igreja voltada à construção de um mundo mais justo e fraterno – papel dos leigos batizados.

 

A ROMARIA

            A Romaria Nacional foi organizada pela Pastoral Juvenil – grupo formado por representantes das Pastorais da Juventude, Movimentos Juvenis, Congregações Religiosas que trabalham com jovens e Novas Comunidades. Além das tendas temáticas de cada experiência juvenil, o encontro contou com a catequese feita pelo Professor Laudelino Augusto dos Santos, Assessor da Comissão Episcopal para o Laicato da CNBB, sobre “Ano do Laicato”. À noite, os jovens realizaram Romaria no entorno da Basília e participaram de um show de encerramento.

O grupo da Diocese de Oliveira visitou a Tenda das Pastorais da Juventude, realizada no subsolo do Santuário. Além de momentos de formação, ocorreram cirandas e troca de experiências de grupos de base de todo Brasil.

Texto: Vinícius Borges
Fotos: Karine Neto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *