DIOCESE DE OLIVEIRA DIVULGA DECRETO COM NOVAS ORIENTAÇÕES PARA A PANDEMIA

A Diocese de Oliveira passa, a partir do dia 15 de março, a adotar medidas mais restritivas diante do cenário da pandemia do coronavírus. O decreto com as novas orientações foi aprovado em reunião realizada na manhã deste sábado (13), que contou com a presença do bispo diocesano, Dom Miguel Angelo F. Ribeiro, junto ao Colégio de Consultores e Conselho Presbiteral. Dentre as principais decisões, o documento prevê que todas as paróquias deixem de realizar celebrações com a presença de fiéis. Entretanto, a Diocese indica que a distribuição da Sagrada Comunhão poderá ocorrer após as transmissões das missas desde que sejam respeitadas as medidas sanitárias. Cada paróquia deve organizar esse momento e orientar os paroquianos quanto aos horários. Os templos poderão permanecer abertos para as orações pessoais dos fiéis durante a semana, respeitando as medidas indicadas pelas administrações públicas locais e se as mesmas permitirem. Também estão suspensas as formações, encontros, cursos, retiros e reuniões de pastorais que não puderem ocorrer de modo online. O bispo diocesano também dispensa os fiéis do preceito da Missa Dominical de acordo com a autoridade que lhe dá o Código de Direito Canônico. Os batizados e casamentos estão adiados por tempo indeterminado, exceto em caso de urgência. O decreto, porém, prevê que haja diálogo entre os noivos e Pároco/Administrador Paroquial para os casos em que não seja possível o adiamento, mas indica que todas as normas sanitárias sejam seguidas em cerimônia restrita.

O texto na íntegra pode ser lido a seguir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *