ELEIÇÕES 2022: DEFENDER A VIDA POR INTEIRO

Em entrevista no mês de abril deste, o candidato à Presidência da República, Luís Inácio Lula da Silva (PT), declarou sua convicção de que o Brasil deve legalizar o aborto e oferecê-lo no Sistema Único de Saúde (SUS), porque mulheres ricas podem fazer um aborto em Paris, ir para Berlim procurar uma clínica boa e as pobres recorrem a meios inseguros que causam muitas mortes. Afirmou no mesmo dia que a pauta da família e valores “é uma coisa muito atrasada” (Cf. entrevista na Fundação Perseu Abramo, SP, 5 de abril de 2020). Revela assim a contradição presente nos programas de muitos partidos que afirmam defender a vida. Neles se esquece de que a vida se defende por inteiro ou não se defende. Hoje, todos sabemos, por razões científicas e não somente morais e religiosas, que a vida humana tem seu início na fecundação, necessitando apenas de um meio propício para que, em nove meses, se tenha um bebê com todas as potencialidades de um adulto. E não se defenderá a vida sem a promoção da família tradicional e cristã.

O Papa São João Paulo II escreveu: “Não pode haver, na sua vida, dois caminhos paralelos, de um lado a chamada ‘vida espiritual’, com os seus valores e exigências, e, de outro, a chamada vida ‘secular’, ou seja, a vida de família, de trabalho, das relações sociais, do empenho político e da cultura” (Christifidelis, laici, 59).

Orientam-nos os bispos na 59ª. Assembleia Geral da CNBB: “Nossa fé comporta exigências éticas que se traduzem em compaixão e solidariedade concretas. O compromisso com a promoção, o cuidado e a defesa da vida, desde a concepção até o seu término natural, bem como, da família, da ecologia integral e do estado democrático de direito estão intrinsicamente vinculados à nossa missão apostólica. Todas as vezes que esses compromissos têm sido abalados, não nos furtamos em levantar nossa voz. “A Igreja é advogada da justiça e dos pobres, exatamente por não se identificar com os políticos nem com os interesses de partido” (Bento XVI, Discurso Inaugural da Conferência de Aparecida). “

“A corrupção, histórica, contínua e persistente, subtrai o que pertence aos mais pobres. A Lei da Ficha Limpa, que proíbe que condenados por órgãos colegiados possam se candidatar a cargos políticos, é uma conquista popular e democrática, que deve ser promovida, juntamente com outros mecanismos de controle que garantam a ética na política. ” (CNBB – Mensagem ao povo brasileiro sobre o momento atual, 31 de agosto de 2022)

Recordando-nos que é obrigação moral de todos os governantes tutelar a salvaguarda da vida em todas as suas etapas, para além da luta contra o aborto, com toda certeza, nossa responsabilidade de cristãos nos compromete, diante das próximas eleições majoritárias, em que vamos escolher o Presidente da República, governadores estaduais, senadores, e deputados federais e estaduais.

Como critérios para a escolha dos candidatos a Igreja apresenta os seguintes: 1. CARÁTER, isto é nunca ter se envolvido em corrupção; 2. VALORES: Conhecer sua história pessoal e familiar; 3. DEFENSOR DA VIDA, desde a concepção até o seu fim natural; 3. PROJETO DE GOVERNO que não esqueça dos pobres e marginalizados: 4. COMPETÊNCIA para ser um líder político e administrar recursos públicos (Cf. CNBB- Regional Sul 1: Cartilha de Orientação Política 2022).

Infelizmente, a disputa política no Brasil se dá pouco no âmbito das ideias, mas do confronto e das acusações pessoais. No entanto, podemos conhecer um pouco do passado dos candidatos e dos ideais que defende, não somente nos programas políticos, mas através dos processos judiciais a que teve de responder e das muitas entrevistas, nas quais se revela muito mais de como poderá ser seu governo, caso seja eleito.

Em tempo de acesso privilegiado à informação pelos meios digitais, precisamos ficar atentos as notícias falsas (fake news) que nos vêm de todos os lados, em razão do fanatismo político de muitos. Necessitamos também interrogar-nos sobre a fonte das estatísticas apresentadas pelos candidatos, muitas vezes falseadas e sem fundamento científico.

O amor a Deus e ao próximo, traduzidos no compromisso com a verdade e a vida nos convidam à responsabilidade em nossas escolhas, em momento tão grave pelo qual passamos.

Nossa Senhora Aparecida e São Pedro de Alcântara, Padroeiros do Brasil, nos ajudem a buscar sempre a boa política, “uma das formas mais eminentes da caridade”, conforme expressão do Papa Pio XI.

51 thoughts on “ELEIÇÕES 2022: DEFENDER A VIDA POR INTEIRO

  • 18 de outubro de 2022 em 10:46
    Permalink

    PARABÉNS DOM MIGUEL!

    “ESCOLHE, POIS, A VIDA.”
    DEUTERONÔMIO 30,19

    Resposta
  • 12 de outubro de 2022 em 06:38
    Permalink

    Temos que escolher um candidato sim democracia e isso é ser a favor de nossas famílias defendendo e honrando ela que nosso bem maior

    Resposta
  • 30 de setembro de 2022 em 14:02
    Permalink

    Considerando a análise do Bispo D. Miguel, teremos de anular o voto para presidente. Seremos omissos então? Seria muito útil se houvesse uma orientação aos fiéis que escolham candidatos a deputados federal e estadual que defendam a VIDA de forma integral, contemplando o combate à fome e extrema miséria, combate à violência e armamento da população. SE ELEGERMOS DEPUTADOS RADICALMENTE CONTRA O ABORTO, NENHUM PRESIDENTE CONSEGUIRÁ APROVAR LEIS DESTE TIPO!

    Resposta
    • 11 de outubro de 2022 em 23:28
      Permalink

      Parabéns ao Dom Miguel Ângelo Freitas Ribeiro!
      A verdade dói, mas liberta!
      Parabéns ao Bispo que não passa a mão na cabeça dos progressistas.
      O pior cego é o que não quer ver!
      #foraPT #foresquerda

      Resposta
    • 20 de outubro de 2022 em 22:51
      Permalink

      Estranho um Notável Bispo CATÓLICO, citar trecho de um político brasileiro. Sobre o Aborto, é um tema muito polêmico. Existe o pior que isto, que é o aborto à vida. Creio que se uma criança nasce sem os recursos de sobreviver em um lar com amor e carinho de seus pais, isto para mim é um Aborto Social. Longe de mim, comentar sobre está palavra tão trágica.
      Agora, saber que um Bispo Católico , usa a política para promoção social, deve estar claro que no seu meio religioso, e muito fácil colher moedinhas e dinheiros dos fiéis , ganhar seu salário e falar de um governo que não tem palavras para se expressar com a maioria. No meu entender IGREJA É IGREJA e POLÍTICA É POLÍTICA. Não troquem as lenham do fogão, pois a comida pode ficar fria. Coloque – se dentro dons carismáticos, Ilustríssimo Bispo, que a Igreja o requer. Não trabalhe com a FARSA da POLÌTICA e nem dê nome de políticos, se sua Santidade deseja falar desta palavra que no dicionário quer dizer a melhor maneira de praticar a esperteza. Então em política, pode -se acontecer de tudo. Mas CUIDADO, tome CUIDADO, com as Coisas do CRIADOR NÂO..

      Anderson Fernandes da Silva
      Contagem – Minas Gerais

      Resposta
  • 28 de setembro de 2022 em 23:46
    Permalink

    Defender a vida em sua pelenitude, não seria defender a vida dos menos favorecidos a ter condições minimas de desfrutar da vida em igualdade ?? de termos um pais de paz.. democratico… onde possamos conviver c opm mais humanidade seguindo os principios de CRISTO ??

    Resposta
  • 28 de setembro de 2022 em 10:02
    Permalink

    Lamentável essa postura da igreja através de seu pastor, induzir os fiéis a não votar em determinado candidato. O atual presidente é a favor da tortura, do armamento da população, Ódio contra os negros, contra as mulheres, contra idosos, contra os LGBTS, um presidente que diz que no pais não tem ninguém passando fome, que corta verba de medicamentos, que debocha dos mortos por covid, que nega a ciência, compra de vacinas…. Jesus é contra o Ódio, contra a violência contra a opressão.

    Resposta
    • 1 de outubro de 2022 em 10:34
      Permalink

      Você não entendeu meu caro, vc deve pesquisar sobre os candidatos, é isso que ta falando. E esta mostrando que 1(um) candidato defende aborto e isso contradiz com “Homens de boa vontade”.

      Resposta
    • 11 de outubro de 2022 em 23:15
      Permalink

      “ Com todo perdão “, também percebi um viés que não coaduna com princípios isentos e ditos “ cristãos “., mais do que esclarecer, ficou nítida uma indicação de voto, ferindo-se o princípio pétreo da liberdade de cada cidadão decidir sobre seu próprio voto.

      Resposta
  • 28 de setembro de 2022 em 01:14
    Permalink

    Comungo com sua resposta Maria Teresa Pires Alves. O fundamentalismo bíblico ao invés de libertar destrói e mata. Nos diz o evangelho de João 8,32 “conhecereis a verdade e ela vos libertará”

    Resposta
  • 24 de setembro de 2022 em 08:28
    Permalink

    Dom Miguel, muito sábio!!! Homem de profunda espiritualidade e defensor ferrenho da sã Doutrina da Salvação!!! Avante…nesta luta que está sendo travada contra as trevas!!! Continue sendo luz e Pastor zeloso do povo que Deus lhe confiou.

    Resposta
    • 6 de outubro de 2022 em 17:09
      Permalink

      Boa tarde Dom Miguel Ângelo,a sua benção a minha família, sábias palavras. Se somos cristãos de verdade temos que pedir o Divino Espírito Santo pra nos iluminar. Não é por ser a favor de Bolsonaro e contra Lula, é ser contra ao aborto, pois ninguém tem o direito de tirar a vida de uma pessoa, principalmente de um inocente, e depois não podemos aceitar a legalização
      das drogas ,e nem ser a favor da ideologia de gênero ( ou seja aceitar, o que eu acho que todos pais e mães temem, sua filha ou neta usar o mesmo banheiro que um homem, viver num mundo, que tudo pode) que o certo sempre vai ser errado,ser roubado e não ter o direito de recorrer a nada ,por causa disso que estamos lutando, se realmente é cristão pense em seus filhos,netos, todos que estão crescendo,pq nós não vamos sofrer com tudo isso no futuro,são as próximas gerações. Pesquise nos países lá fora como é, e pense bem.E também tem a perseguição das nossas igrejas. Deus é tudo na nossa vida, sem Deus não somos nada, que Deus abençoe a cada um de vocês. Elzi de Desterro de Entre Rios.

      Resposta
  • 22 de setembro de 2022 em 13:41
    Permalink

    Palavras abençoadas de um verdadeiro “PASTOR”!
    Parabéns D. Miguel pela sabedoria e coerência!
    Abraço!
    Robinson

    Resposta
  • 22 de setembro de 2022 em 11:26
    Permalink

    Belas palavras..dom Miguel…os padres das nossas paróquias vão orientar os seus povo sobre este candidato petista…? tiaozinho brinco.cristais

    Resposta
  • 21 de setembro de 2022 em 23:20
    Permalink

    Muito sábio nosso querido Dom Miguel, os caminhos citados para um bom dicernimento na escolha em quem votar são claros e nos ajuda muito. Glória a Deus por seu pastoreio.

    Resposta
    • 24 de setembro de 2022 em 09:15
      Permalink

      Bom dia dom Miguel….a paz esteja contigo! Que Deus abençoe sempre com muita saúde e paz

      Resposta
      • 12 de outubro de 2022 em 16:36
        Permalink

        Ainda bem que a Diocese de Oliveira/MG tem um Bispo que não dá contra testemunho aos ensinamentos de Cristo e da Igreja, defendendo com coragem e destemor os valores católicos. Isso se torna algo reconfortante nesse momento tão importante para o Brasil. Suas palavras nos encorajam a continuar na Igreja, principalmente, quando vemos outros Sacerdotes defendendo o lado oposto dos valores católicos. Que o Sangue de Cristo e Nossa Senhora de Salette possa proteger o Brasil de TODOS àqueles que querem o mal para nossas famílias, crianças e valores católicos.

        Resposta
    • 12 de outubro de 2022 em 22:09
      Permalink

      Parabéns para o nosso querido Bispo Dom Miguel, sábias palavras!Que Deus abençoe 🙏🏼

      Resposta
  • 21 de setembro de 2022 em 09:02
    Permalink

    Parabéns Dom Miguel pelas palavras coragosa !!! A nossa igreja precisa de muita luz do Divino Espírito Santo .Quê Deus abençoe o senhor. 🙏🏻
    Cidinha – Cristais MG

    Resposta
  • 20 de setembro de 2022 em 18:40
    Permalink

    Excelentíssimo e amado dom Miguel, nosso bispo. Meu coração se enche de alegria pela sua coragem em posicionar-se contra tudo que é contra a nossa fé, principalmente contra este candidato em particular, que todos sabemos não ser o melhor para o nosso país e nossa Igreja! Deus o abençoe e proteja! Geny de Campo Belo.

    Resposta
  • 20 de setembro de 2022 em 17:59
    Permalink

    Querido Dom Miguel! Sua benção! Conhecendo seu amor ao povo de Deus e a sua missão, não esperava do senhor outra atitude de pastoreio para o seu rebanho e todos nós! Louvado seja Deus por sua vida, sua entrega e sua corajosa posição ante as situações de primordial importancia e urgente posicionamento de orientação de nossos padres e bispos, como toda Igreja. Deus abençoe sua vida com muita saúde! Saudades!

    Resposta
  • 19 de setembro de 2022 em 15:26
    Permalink

    Em quem votar? Um é abortista, o outro atua sob sigilo.Complicado.Os outros nem conta.

    Resposta
    • 11 de outubro de 2022 em 22:51
      Permalink

      Nós, cristãos católicos, só temos uma alternativa. Não é a mais perfeita, mas é o que precisamos neste momento: Bolsonaro. Abraço fraterno.

      Resposta
    • 12 de outubro de 2022 em 09:08
      Permalink

      Sim acho que nós cristãos temos que nos posicionarmos ..lutar para o que acreditamos , precisamos de pastores que nos conduza.

      Resposta
  • 15 de setembro de 2022 em 14:59
    Permalink

    Pq meu comentário foi excluído??
    Não respeita divergências???
    Democracia é respeito as ideias diferentes.

    Resposta
    • 28 de setembro de 2022 em 01:13
      Permalink

      Concordo com a Sra Darci Vilaça. Nossa democracia está sendo ameaçada. Enquanto a igreja diocesana de oliveira ficar em cima do muro vamos ter um país do desgoverno e uma diocese sem uma linha pastoral. Lamentável um pastor que não tem firmeza na condução de uma diocese.

      Resposta
      • 12 de outubro de 2022 em 04:08
        Permalink

        Deus seja louvado pela sua vida Dom Miguel!
        Homem de fé e determinação para com seu rebanho.

        Resposta
  • 15 de setembro de 2022 em 14:03
    Permalink

    Defender a vida é eleger quem respeita o estado democrático de direito, defender a vida é a não omissão na pandemia, defender a vida é não debochar das pessoas com covid e falta de ar, defender a vida é quem respeita os pobres e negros e lgbtqi+ deste país. Portanto esta carta está na contramão das orientações da CNBB e do Papa Francisco. Esta posição favorece o q tem de pior hj no país.

    Resposta
    • 11 de outubro de 2022 em 08:33
      Permalink

      Dom Miguel mais uma vez com seu discernimento soube se colocar nessa eleição tão cheia de divisores , o nosso Jesus Cristo Vivo ! Que Deus te dê muita saúde para guiar o seu rebanho e sou muito grata a Deus por ser parte dele .

      Resposta
  • 15 de setembro de 2022 em 11:57
    Permalink

    Apenas um esclarecimento: onde estão os outros comentários postados? Várias pessoas questionando que fizeram comentários e eles desapareceram. Algum filtro? Alguém responsável por selecionar os comentários? É democrático?

    Resposta
  • 15 de setembro de 2022 em 11:53
    Permalink

    Apenas um esclarecimento, várias pessoas comentaram sobre o assunto e eles não aparecem na página. Tem algum filtro? É democrático? Como é feita a seleção de comentários?

    Resposta
  • 14 de setembro de 2022 em 15:52
    Permalink

    Muito feliz e pastoreado pelo meu Bispo. Parabéns e obrigado, Dom Miguel.

    Resposta
    • 23 de setembro de 2022 em 00:00
      Permalink

      Que texto brilhante.. Bem explicado e informado sobre o papel do cristão dentro da busca pelo seu candidato..

      Resposta
      • 28 de setembro de 2022 em 01:02
        Permalink

        Comungo com sua resposta Maria Teresa Pires Alves. O fundamentalismo bíblico ao invés de libertar destrói e mata. Nos diz o evangelho de João 8,32 “conhecereis a verdade e ela vos libertará”

        Resposta
      • 12 de outubro de 2022 em 05:52
        Permalink

        Querido Dom Miguel, Paz e bem! Venho expressar minha gratidão por seu posicionamento em defesa da vida, contra ideologia de gênero,liberação das drogas, e tudo aquilo que promove a liberdade de expressão e defesa da Igreja e das famílias, que Deus o abençoe o fortaleça e continue o iluminando sempre pra guiar seu rebanho na verdade que liberta, Deus nos ajude e que o comunismo seja extirpado da Terra de Santa Cruz. Nossa Senhora nos cubra com seu manto sagrado e que São Miguel,São Rafael São Gabriel,nossos Anjos da Guarda e todo exército celeste combatem e roguem por nós. Amém 🙏

        Resposta
    • 11 de outubro de 2022 em 23:32
      Permalink

      Parabéns pelo posicionamento, o papel do Pastor, conduzir e orientar as ovelhas do seu rebanho.

      Resposta
  • 14 de setembro de 2022 em 11:36
    Permalink

    Lula não defende o aborto, e sim que as mulheres que necessitam fazê-lo, tenham condições de fazê-lo com segurança para sua saúde.
    Pior é um presidente não se preocupar com as milhares de mortes, por que ele não comprou as vacinas, na pandemia e ainda tripudiar das pessoas que morriam com falta de ar .
    Pior é ser a favor de armas para a população, estimulando a violência, que está matando pessoas inocentes, pais, mães e crianças, inclusive.
    Estou chocada de ver um líder religioso usar seu cargo para fazer propaganda política para um candidato que é, claramente, um genocida.

    Resposta
    • 24 de setembro de 2022 em 17:50
      Permalink

      Estou chocada também por ter gente que assistindo esta mídia podre, possa estar do lado de um bandido declarado até por ele mesmo, e ele defende o aborto sim…Deixem as crianças nascerem, eu mesma sou mãe de coração. Tem muita família querendo crianças…o aborto não é a solução. Quanta inversão de valores nos dias de hoje…eu é que fico profundamente chocada. Pelo menos, respeite a opinião de nosso bispo.

      Resposta
      • 12 de outubro de 2022 em 06:01
        Permalink

        Fico triste de ver como manipularam a mente das pessoas para defenderem algo tão cruel como o aborto, quer dizer que pra defender a vida das mulheres grávidas que rejeitam seus filhos a solução é matar as criancinhas indefesas em seus ventres?! Misericórdia Jesus🙏Padre Léo já dizia , para problemas difíceis não existe solução fácil, mas assassinar crianças, liberar drogas,desarmar as polícias no combate à violência,permitir invasão de terras pra resolver o problema dos sem terra, na vdd só querem invadir e produzir nada,como se fossem soluções pra esses problemas, vcs querem pagar pra ver o que é o comunismo?! Vão pra Venezuela , mas deixem o nosso Brasil livre e em paz

        Resposta
    • 28 de setembro de 2022 em 00:55
      Permalink

      Concordo plenamente com você

      Resposta
    • 28 de setembro de 2022 em 09:56
      Permalink

      Disse tudo Lucas. Fiquei indignado ao ler essa carta, que lamentável um pastor assumir lado politico dessa forma e induzir o fieis a votar em determinado candidato.

      Resposta
    • 28 de setembro de 2022 em 17:59
      Permalink

      No governo Bolsonaro, com o aumento de armas legalizadas nas mãos dos cidadãos que não são criminosos (defendidos pelo seu ídolo), o numeros de homicídios caiu de quase 70 mil nos governos petistas (que vc defende), para pouco mais de 40 mil. O Lula, sobre esse vírus que matou milhões de pessoas pelo mundo inteiro, disse: “Ainda bem que a natureza, que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus. Porque esse monstro está permitindo que os cegos enxerguem, que os cegos comecem a enxergar, que apenas o Estado é capaz de dar solução a determinadas crises”. Frase esta que, mostra seu desprezo pelas vidas perdidas e sua vontade de ter um estado gigante, que controle todos os aspectos da vida humana (fascista). O seu candidato só indicou ministros abortistas e favoráveis a liberação das drogas quando presidente, mas ele não defende nenhuma dessas pautas… Tem que ser muito burro pra acreditar nisso

      Resposta
  • 14 de setembro de 2022 em 09:30
    Permalink

    É claro que os critérios de escolha dos candidatos estão corretos, mas muito difícil encontrar alguém com todos esses predicados. Sendo assim, o ideal é decidir pelos que mais se aproximam e tenhamos condições de acompanhar o seu trabalho. Alguns membros da hierarquia da Igreja, infelizmente abraçam e se deixam ser abraçados por ideologias anti cristãs. Mas a Igreja é infalível somente em termos de fé e doutrina.

    Resposta
  • 14 de setembro de 2022 em 09:26
    Permalink

    Parabéns Dom Miguel! O discurso de alguns padres estavam me decepcionando, me levando a crer que vcs preferiam um candidato sabidamente e comprovadamente corrupto, abortista, pertencente à um partido que defende uma pauta de costumes completamente divergente da doutrina católica. Me sinto aliviada. Deus o abençoe imensamente!

    Resposta
  • 13 de setembro de 2022 em 21:37
    Permalink

    Parabéns Dom Miguel por sua reflexão sobre as eleições, orientando nós leigos, à luz do Evangelho, para que possamos ter discernimento e votarmos com consciência pelo bem comum.

    Resposta
  • 13 de setembro de 2022 em 14:03
    Permalink

    Sábias palavras Dom Miguel, Nós Católicos precisamos entender como deve ser nosso posicionamento diante da política e dos candidatos. Precisamos ser cristãos que vivam e testemunhem a Palavra de Deus, os Mandamentos, o Catecismo da Igreja Católica, a Sagrada Tradição.

    Resposta
  • 13 de setembro de 2022 em 07:51
    Permalink

    Parabéns Dom Miguel pelo seu posicionamento.

    Resposta
    • 14 de setembro de 2022 em 14:32
      Permalink

      Palavras sábias de um verdadeiro pastor!
      Que a Santíssima Trindade conceda o discernimento necessário aos cristãos!

      Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *